Programa Tiny Desk desnuda a eloquência do jazz

06/08/2018 | 21:24

Por Emerson Lopes*

O programa Tiny Desk , da rádio pública dos EUA (NPR), tem uma proposta interessante para receber artistas de diferentes vertentes musicais.

Gravado no escritório da rádio, em Washington, rodeado por livros, discos e estantes, o inusitado cenário deixa a apresentação intimista e o músico muito à vontade.

Com sets de aproximadamente 20 minutos, muitos artistas aproveitam o ambiente aconchegante para interpretar suas músicas com novos arranjos e muitas vezes em formato acústico. O resultado – além de lindo – são registros marcantes e autorais.

Criado e apresentado por Bob Boilen – dono da mesa que aparece no cenário do programa -, em 2008, o Tiny Desk preza, acima de tudo, pelo novo, pelo inusitado e pelo diferente.

Boilen aprecia música e isso o deixa longe de preconceitos ou de modismo. O programa se tornou referência para internautas que procuram novos rumos musicais.

Na seara do jazz, diferentemente de outros tipos de música, o programa não se preocupa em trazer músicos desconhecidos. Parece que o jazz é tratado de uma maneira diferente, com mais cerimônia, com mais cuidado. Mas pouco importa.

O que interessa é que por aqui já passaram nomes como Chick Corea e Gary Burton (foto), Charles Lloyd, Jason Moran, Esperanza Spalding, Terence Blanchard, Gregory Porter e tantos outros.

Na player abaixo, há uma seleção de vários programas exclusivamente com músicos de jazz. É só procurar o que mais gosta e começar a desfrutar.


*Emerson Lopes é jornalista, autor do livro Jazz ao seu alcance, da editora Multifoco, e apresentador do podcast Jazzy. Saiba mais sobre o livro aqui. Ouca o podcast aqui

COMPARTILHE