Pesquisa mostra os melhores locais para ver jazz ao vivo

07/05/2019 | 16:31

Por Emerson Lopes*

O site All About Jazz divulgou uma lista com as 100 melhores casas de jazz do planeta. O resultado é fruto da primeira pesquisa realizada pelo site. Cerca de 4 mil pessoas – todas cadastradas no site – participaram da enquete. Apesar de sempre ser questionável se a pesquisa é uma fotografia do momento ou se ela realmente expressa a opinião da maioria dos leitores do site, a lista deve ser usada como um guia prático para encontrar locais para ouvir jazz, seja nos Estados Unidos, Europa ou Ásia.

Kozlov Club, em Moscou (Rússia), ficou no topo da lista, segundo os leitores do All About Jazz

Ao analisar a pesquisa, o que mais impressiona é o número de locais na capital russa, Moscou. Para quem mora no ocidente, as notícias que chegam da terra do onipresente Vladimir Putin são basicamente sobre o onipresente Vladimir Putin e sua eterna briga com os Estados Unidos e seu apoio a Nicolas Maduro, presidente da Venezuela. A Rússia aparece com quatro casas entre as 50 mais, entre ela Kozlov Club, que ficou com a primeira colocação no ranking geral, e JFC Jazz Club, que fica na bela São Petersburgo.

A capital mundial do jazz, Nova York, domina o Top 10, com três casas: Village Vanguard, Smalls Jazz Club e Blue Note. Ainda nos Estados Unidos, o Estado da Califórnia também aparece como um polo importante para quem gosta de ver jazz ao vivo. Na liderança está o Piedmont Piano Company, seguido do Yoshi, ambos em Oakland, The Sequoia Room, em Fort Bragg, e SFJAZZ Center, em São Francisco.

Smalls, em Nova York, tem a atmosfera dos antigos clubes de jazz da cidade

Pela Europa, os tradicionais Vortex Jazz Club (Londres), Ronnie Scott’s (Londres) e Bimhuis (Amsterdã) aparecem entre os 30 primeiros. Destaque também para o The Bear Club, em Luton, nos arredores da capital britânica, e Philly Joe’s, em Tallinn, na Estônia, que alcançou a impressionante quarta colocação. Ainda no continente europeu, a pesquisa mostra casas de jazz na Alemanha, Irlanda e Suíça.

No site All About Jazz, você tem links para todas as casas listadas na pesquisa, além de poder pesquisar por cidade ou por país. Abaixo, você encontra o Top 50 geral, que inclui casas de todos os continentes, além dos Top 20 EUA e Top 20 Mundo, excluindo os EUA. Para ver a relação completa, acesso o site oficial.

Infelizmente, a pesquisa acabou deixando de fora casas de show da América Latina, provavelmente por causa do público que participou da votação, na sua maioria americanos e europeus. Vale lembrar que o Brasil, além dos seus tradicionais festivais de música, tem casas de jazz que não ficam devendo para nenhum palco fora do país. Só na capital paulista, por exemplo, há o All of Jazz, Bourbon Street, Jazz aos Fundos e o Blue Note, que também tem uma filial na capital Fluminense.

Notorius, em Buenos Aires (Argentina), e casas do Brasil não foram lembrados na pesquisa

Na vizinha Buenos Aires, na Argentina, casas como o Notorius e Thelonious Club também poderiam figurar tranquilamente entre os 50 mais desta pesquisa. Algumas casas importantes e ausentes na pesquisa são o Hot Clube de Portugal, na capital portuguesa, Lisboa, o Bogui Jazz, na capital espanhola, Madri, o Jamboree Jazz Club, na cidade espanhola de Barcelona, e o Quasimodo, na capital alemã, Berlim.

Além da pesquisa do site All About Jazz, uma outra ótima fonte de pesquisa sobre locais para ouvir jazz espalhados pelo planeta é o guia anual da revista norte-americana DownBeat. Clique aqui para ver a edição de 76 páginas publicadas no fim de 2018.

 

Top 50

Kozlov Club
Moscou, Rússia

Bop Stop
Cleveland, OH

Village Vanguard
Nova York, NY

Philly Joe’s
Tallinn, Estônia

Piedmont Piano Company
Oakland, CA

Smalls Jazz Club
Nova York, NY

Vortex Jazz Club
Londres, Reino Unido

Yoshi’s Oakland
Oakland, CA

Ronnie Scott’s
Londres, Reino Unido

Blue Note Nova York
Nova York, NY

The Sequoia Room
Fort Bragg, CA

SFJAZZ Center
São Francisco, CA

An Die Musik Live
Baltimore, MD

Le Chat Noir De Salis
Miami, FL

Jazz Standard
Nova York, NY

Nighttown
Cleveland Heights, OH

Dizzy’s Club Coca-Cola
Nova York, NY

@exuberance
Filadélfia, PA

JFC Jazz Club
São Petersburgo, Rússia

Jazz Corner
Hilton Head Island, SC

Fiesta Sunset Jazz
Santo Domingo, República Dominicana

Blues Alley
Washington, DC

The Bear Club
Luton, Reino Unido

Birdland
Nova York, NY

Blue Whale
Los Angeles, CA

Bimhuis
Amsterdã, Holanda

Esse
Moscou, Rússia

Smoke Jazz & Supper Club
Nova York, NY

Chris’ Jazz Café
Filadélfia, PA

Dazzle Jazz Club
Denver, CO

BLU Jazz+
Akron, OH

The Sound Room
Oakland, CA

Mezzrow Jazz Club
New York, NY

Igor Butman Jazz Club
Moscou, Rússia

Sam First
Los Angeles, CA

Crooners Supper Club
Minneapolis, MN

Green Mill Cocktail Lounge
Chicago, IL

South Jazz Club
Filadélfia, PA

55 Bar
Nova York, NY

606 Club
Londres, Reino Unido

Catalina Bar & Grill
Hollywood, CA

California Jazz Conservatory
Berkeley, CA

Art Boutiki
San Jose, CA

Jazz Showcase
Chicago, IL

Iridium
Nova York, NY

Birdland Theater
Nova York, NY

Jazz Alley
Seattle, WA

PizzaExpress Jazz Club Soho
Londres, Reino Unido

Freight and Salvage Coffeehouse
Berkeley, CA

Kuumbwa Jazz Center
Santa Cruz, CA

Top 20 (fora dos EUA)

Kozlov Club
Moscou, Rússia

Philly Joe’s
Tallinn, Estônia

Vortex Jazz Club
Londres, Reino Unido

Ronnie Scott’s
Londres, Reino Unido

JFC Jazz Club
São Petersburgo

Fiesta Sunset Jazz
Santo Domingo, República Dominicana

The Bear Club
Luton, Reino Unido

Bimhuis
Amsterdã, Holanda

Esse
Moscou, Rússia

Igor Butman Jazz Club
Moscou, Rússia

606 Club
Londres, Reino Unido

PizzaExpress Jazz Club Soho
Londres, Reino Unido

Cafe OTO
Londres, Reino Unido

Duc Des Lombards
Paris, França

Porgy & Bess
Viena, Áustria

Umeå Jazzstudio
Umeå, Suécia

Blue Note Milão
Milão, Itália

Jazz Club Ferrara
Ferrara, Itália

Blue Note Tokyo
Tóquio, Japão

New Morning
Paris, França

Top 20 – EUA

Bop Stop
Cleveland, OH

Village Vanguard
Nova York, NY

Piedmont Piano Company
Oakland, CA

Smalls Jazz Club
Nova York, NY

Yoshi’s Oakland
Oakland, CA

Blue Note Nova York
Nova York, NY

The Sequoia Room
Fort Bragg, CA

SFJAZZ Center
São Francisco, CA

An Die Musik Live
Baltimore, MD

Le Chat Noir De Salis
Miami, FL

Jazz Standard
Nova York, NY

Nighttown
Cleveland Heights, OH

Dizzy’s Club Coca-Cola
NovaYork, NY

@exuberance
Filadélfia, PA

The Jazz Corner
Hilton Head Island, SC

Blues Alley
Washington, DC

Birdland
Nova York, NY

Blue Whale
Los Angeles, CA

Smoke Jazz & Supper Club
Nova York, NY

Chris’ Jazz Café
Filadélfia, PA

Abaixo você encontra os seguintes vídeos:

Norah Jones – Flipside (no Ronnie Scotts)

David Murray – Morning Song (no Village Vanguard)

Patricia Barber – In Your Own Sweet Way (no New Morning)

Avishai Cohen – Feediop (no Blue Note Nova York) 

Yotam Silberstein – O Voo da Mosca (no Dizzy’s Club)

John Farnsworth & Harold Mabern – Ferris Wheel (no Smalls)

 

 

 

*Emerson Lopes    é jornalista, autor do livro     Jazz ao seu alcance, da editora Multifoco, e apresentador do podcast     Jazzy.     Saiba mais sobre o livro     aqui. Ouça o podcast    aqui

COMPARTILHE