Marsalis tenta “tirar das sombras” o pioneiro Buddy Bolden

23/04/2019 | 23:36

Por Emerson Lopes*

O velho Wynton Marsalis continua sua jornada para levar o jazz tradicional às novas gerações. Nascido no berço do jazz, em Nova Orleans, filho do pianista Ells Marsalis e diretor artístico do Jazz at Lincoln Center, desde 2004, o trompetista carrega dentro de si uma chama e a missão de nunca deixar o legado do jazz ser esquecido.

A nova empreitada é o lançamento do filme Bolden, que conta a história do cornetista nascido em Nova Orleans, em 1877, Charles “Buddy” Bolden, considerado um dos pioneiros do jazz. Apesar de sua fama na cidade, não há registro fonográfico ou qualquer gravação do músico tocando sua corneta, que tem a mesma sonoridade de um trompete.

               O ator Gary Carr vive o músico Charles “Buddy” Bolden 

Bolden morreu em 1931, aos 54 anos, em um asilo, no Estado da Louisiana, onde estava internado com problemas mentais desde 1907. O filme retrata sua infância, a ascensão do músico na cidade símbolo do jazz, e também mostra as tensões raciais e o processo que levou o músico a ser internado.

Marsalis é responsável pela trilha sonora, que tem como foco a jazz do início do século XX, época em que brilharam nomes com King Oliver, Jelly Roll Morton e Louis Armstrong. Segundo Marsalis, além dele, todos os músicos, em especial os que viveram na mesma época que Bolden, foram diretamente influenciados por ele.

O ator Reno Wilson interpreta o trompetista Louis Armstrong 

Para a trilha sonora, Marsalis escalou a orquestra do Jazz at Lincoln Center, liderada pelo trompetista, além da cantora Catherine Russell e do ator Reno Wilson, que no filme faz o papel do trompetista Louis Armstrong. O ator, que canta em várias faixas da trilha, impressiona pela caracterização e pela interpretação na pele de um dos músicos mais importantes de toda a história do jazz.

O filme estrelado pelo ator Gary Carr e dirigido por Dan Pritzker estreia nos Estados Unidos no dia 3 de maio. No Brasil, ainda não há previsão para ser exibido. Você pode ouvir a íntegra da trilha sonora clicando aqui.

 

 

 

*Emerson Lopes    é jornalista, autor do livro     Jazz ao seu alcance, da editora Multifoco, e apresentador do podcast     Jazzy.     Saiba mais sobre o livro     aqui. Ouça o podcast    aqui

COMPARTILHE