Voltar
Clube do Balanço

13 jun

Clube do Balanço

sábado, 13 junho 20h00
sábado, 13 junho 22h30

COMPRAR

Diretamente de São Paulo para o palco do Blue Note Rio:Clube do Balanco.

Ninguem vai ficar parado!

Criada para durar apenas uma festa, banda vira referência até no exterior.

O que era para durar apenas uma festa, se transformou, virou trabalho sério, fincou raízes, percorreu muita estrada – até no exterior – e se tornou uma referência no samba-rock, ditando tendência e levando alegria e boa música por duas décadas. O Clube do Balanço comemora 20 anos de palcos em 2019, lançando o seu quinto álbum de estúdio.

A banda tem como presidente o guitarrista e vocalista Marco Mattoli. Tereza Gama é a voz feminina. Completam a banda o trompetista Reginaldo 16, o trombonista “Maestro” Tiquinho, o percussionista Fred Prince, o baterista Eduardo “Peixe” Salmaso, o baixista Gringo Pirrongeli e o tecladista Marcelo Maita. Todos eles craques da música com vasta experiência ao lado de grandes nomes da cena brasileira.

O Clube do Balanço é considerado um dos precursores do novo samba-rock, sendo responsável pela propagação do gênero a partir da virada do século, o que levou ao surgimento de diversas casas especializadas, de novos grupos musicais e a redescoberta da dança.

Do primeiro show, na Zona Leste de São Paulo, até os bailes no bar Grazie a Dio, na Vila Madalena, foi um passo. O sucesso foi tanto, que eles se tornaram atração constante no local, sendo acompanhados muitas vezes por nomes como os de Paula Lima, Luis Vagner, Marku Ribas, Max de Castro, Simoninha e Seu Jorge, entre outros.

Foi ali também que conheceram o diretor da gravadora Regata, que em 2000 estava lançando CDs da Black Rio, do Seu Jorge e da Paula Lima. Contato feito, contrato assinado, no ano seguinte deixam o estúdio com seu primeiro álbum: “Swing & Samba-Rock”, que reinventa e mostra esta tradicional cultura paulistana para uma nova geração.

O disco abre com “Palladium”, passa por clássicos como “Coqueiro Verde”, tem canções inéditas como “Aeroporto” e termina com “Tequila” – com um arranjo especial do trombonista Bocato. Entre as participações pra lá de especiais, estão os parceiros de “canja” do Grazie a Dio, como Simoninha, Luis Vagner e Max de Castro, e ainda Erasmo Carlos e Bebeto.

De lá para cá já foram quatro álbuns lançados, sempre buscando novidades dentro do samba-rock, do balanço e de outras vertentes da black music. “Samba Incrementado”, chegou às lojas em 2004. Os dois últimos trabalhos foram “Pela Contramão”, de 2009, e “Menina da Janela”, de 2014.

Antes, o Clube do Balanço começou sua trajetória fora do país, depois de levar seu samba-rock a diversos estados brasileiros. Foi em 2006 que a banda fez parte de uma coletânea na Nova Zelândia, marcando seu primeiro feito distante da terra natal. O projeto “OE: Brazil” foi gravado na companhia de Max de Castro, Alda Rezende e Funky Buia, entre outros, e rendeu ao Clube do Balanço uma série de shows no país da Oceania, com a divulgação da música “Doin’ It for Brasil”.

O grupo ainda levou sua música para diversos países, entre eles Alemanha, Holanda, Áustria, Reino Unido, França, Espanha, Rússia, Austrália, China e Cingapura. E não parou mais, continuando a excursionar pelo Brasil e agora lançando seu quinto álbum, com a tour “Balanço na Quebrada”.

Corre lá no Sympla e compre seu ingresso!

promocao